19 jul 2016

Bloqueio do WhatsApp: e agora, o que fazer?

Planejamento Estratégico








bloqueio do whatsapp

Justiça do Rio de Janeiro exige novo bloqueio do WhatsApp em todo o Brasil

Justiça determina bloqueio do WhatsApp pela terceira vez no Brasil

A Justiça do Rio de Janeiro, por meio da juíza de fiscalização da Vara de Execuções Penais, Daniela Barbosa Assunção de Souza, determinou mais uma vez o bloqueio do WhatsApp em todo o Brasil. A magistrada determina que a empresa responsável pelo serviço libere as mensagens trocadas por pessoas investigadas, para que sejam desviadas e enviadas em tempo real à Justiça, antes da criptografia.

A notificação da Justiça do Rio que exige o bloqueio do WhatsApp já foi enviada as operadoras de telefonia do Brasil. A medida determina a suspensão imediata do serviço em todo o território nacional. As empresas Oi, Nextel, TIM, Vivo e Claro devem divulgar em breve comunicado sobre a determinação. Esta já é a terceira vez que o aplicativo, que pertence ao Facebook, é proibido de funcionar no país.

Daniela afirma que a empresa já foi notificada três vezes sobre a decisão para que interceptasse mensagens relativas a uma investigação sigilosa de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Entretanto, o Facebook teria respondido somente que não arquiva e não copia mensagens enviadas entre os usuários do WhatsApp. No mês de maio, quando o serviço foi bloqueado por determinação da Justiça de Sergipe, o diretor jurídico do WhatsApp, Mark Kahn, afirmou que a empresa não tem como fornecer o conteúdo exigido judicialmente.

Mesmo assim, a juíza afirma que a empresa detém tecnologia para codificar mensagens e, por isso, também precisa ser capaz de repassar tais conteúdos à Justiça. Caso contrário não deve oferecer o serviço no território brasileiro.

Usa o WhatsApp para trabalhar?

Quem usa o aplicativo para trabalhar e vender produtos pode ficar no prejuízo com essa disputa. Mas, desde o último bloqueio, algumas soluções foram apontadas e a Guia-se Negócios pela Internet vai relembra-las aqui:

A primeira – porém, não tão segura – é a instalação de um aplicativo de VPN. O sistema permite que o usuário pareça estar acessando a internet de outro país, onde não há bloqueio. Entretanto, a VPN funciona como uma rede privada dentro da internet. Em tese, o “dono” da rede pode ter acesso às informações trocadas através do WhatsApp e site visitados. Ou seja, você acaba mais vulnerável a “espiões”.

Opções mais seguras

Com o bloqueio do WhatsApp, a melhor opção é escolher outro aplicativo para se comunicar com amigos, clientes e familiares. Conheça alguns:

Viber
Permite troca de mensagens, vídeos e imagens em uma plataforma simples e intuitiva. A principal vantagem do app é a possibilidade de fazer chamadas de áudio e vídeo.

Hangouts
Dá ao usuário a opção de bater papo pela rede social Google+ e recentemente adicionou o serviço de trocar de SMS. Está disponível para Android, IOs e computadores, mas só é possível trocar mensagens com usuários do Google.

Skype

Tem foco em chamadas de vídeo, mas é uma excelente opção para conversar por texto. Dá para trocar mensagens individuais ou em grupo.

KaKaoTalk
É possível trocar mensagens de texto, voz, imagens, nota de áudio, compartilhar eventos e contatos. O programa já sincroniza os números da agenda telefônica automaticamente.

Line
Dá para trocar mensagens de voz e de texto com stickers exclusivos. O aplicativo ainda conta com a plataforma QR-Code acoplada ao app.

Kik Messenger

Ele oferece troca de mensagens de texto, voz e imagens instantaneamente e está disponível para Android, IOS, Windows Phone, Symbian e Blackberry. Não é possível fazer chamadas de voz ou vídeo conferência.

WeChat

Além de trocar mensagens de texto, imagens, chamadas de voz e de vídeo, é possível passar o tempo com jogos disponíveis na plataforma. Conta com a função “Olhar ao Redor”, que encontra pessoas próximas.

GroupMe

Bom para quem curte juntar os amigos em uma grande conversa. Ele sincroniza contatos da agenda para ajudar o usuário a criar grupos.


Facebook Messenger

O bate-papo está diretamente ligado ao Facebook, mesmo sendo um aplicativo à parte. Por ele é possível trocar mensagens de texto, voz e emoticons divertidos.

Telegram
O aplicativo disponibiliza troca de mensagens de texto, imagens, arquivos e vídeos. Ele é bem parecido som o WhatsApp e fez sucesso no último bloqueio.






Escrito por: Equipe Guia-se









Deixe um comentário










Serviços

Confira os serviços que a Guia-se oferece




Criação de sites

saiba mais

Loja Virtual

saiba mais

Mídias  Sociais

saiba mais

Inbound Marketing

saiba mais

E-mail Marketing

saiba mais





Saiba mais sobre as nossas franquias de marketing digital

0800 Guia-se

Ligue gratuitamente e fale com um de nossos consultores

Ligue agora!

Fale conosco

Ou se preferir, preencha nosso formulário!

Enviar Mensagem


Fale com um de nossos consultores