19 dez 2016

Conheça as tendências de social media em 2017

Mídias Sociais




Conheça as tendências de social media em 2017
Dê uma nota!




Realidade aumentada, chatbots e influenciadores são algumas das tendências de social media em 2017

A Kantar Ibope Media, líder no mercado de pesquisa de mídia na América Latina, revelou o estudo global Kantar Media, no último dia 5 de dezembro. A pesquisa aponta as tendências de social media para 2017. Entre os temas abordados estão a realidade aumentada, chatbots e influenciadores. De acordo com o estudo, o conteúdo continua a ditar as regras, fornecendo o combustível para impulsionar as mídias sociais. Mas sem o contexto, o conteúdo não terá destaque. Confira as TOP 10 tendências de social media em 2017 da Kantar Ibope Media:

1 . Snap & Facebook: muito além do “Social”

O estudo aponta que essas mídias sociais demandarão outras estratégias de engajamento, que vão além da base de usuários. Desde 2013, o público jovem vem abandonando o Facebook. A solução da rede foi comprar outras plataformas, como WhatsApp, e diversificar as atividades. A estratégia deu certo e o Facebook se fixou como líder social incontestável.

Entretanto, o Snapchat não para de crescer e vem apimentando o panorama social, mesmo tendo só 20% da base de usuários do Facebook. Mesmo assim, o Snapchat conquistou o público com idade entre 18 e 24 anos, faixa etária que o Facebook tem mais dificuldade em envolver.

2. Surfando a onda da “Realidade Aumentada”

O Pokémon Go deu visibilidade a Realidade Aumentada em 2016 e essa moda pegou. A tendência deve ter maior projeção em 2017, sendo utilizado por empresas de renome, como Google, Apple, Facebook, Snapchat, Twitter e Amazon, e até veículos de mídia como o The New York Times.

Segundo o estudo, as marcas precisarão se adaptar a esse novo “ambiente de informações envolventes” com a integração de novas tecnologias como VR (Realidade Virtual). “O desafio das marcas está na criação da ‘empatia eletrônica’ para conectar seres humanos de um modo mais profundo, mais intenso”, explica a pesquisa.

3. A revolução da distribuição de conteúdo

A “revolução da distribuição de conteúdo” é como o estudo refere-se a era em que as marcas intensificam a produção de conteúdo e passam a administrar seus próprios canais. Essa é mais uma tendências de social media em 2017, Facebook Instant Articles e Linkedin Pulse são exemplos de como as mídias sociais se transformaram em mídia e editora num só lugar.

Essa evolução fará com que os conteúdos deixem somente de promover narrativas e passem a ser uma veículo que oferece experiências mais profundas. De acordo com o estudo, a abordagem especializada e baseada na audiência dos canais de comunicação agregará valor as marcas. Além disso, a prática de replicar conteúdo em diversas plataformas não funcionará mais. “A chave para atrair, engajar e motivar a sua audiência é a criação exclusiva e original para cada plataforma”, completa o texto.

4. Os Chatbots chegaram… mas não estão sozinhos

Apontados como promissores, devido ao uso massivo dos aplicativos de mensagens, os chatbots – respostas automáticas, programadas para “conversar” com o cliente – ganham cada vez mais espaço e a ideia é que essa tendências de social media em 2017 fique ainda mais forte. Porém, as marcas precisam pesar dois fatores importantes: a conexão humana e os chatbots como coadjuvantes.

Tudo indica que uma abordagem que equilibra inteligência artificial e humana é melhor do que só os chatbots automatizados. Eles são parte da estratégia em marketing digital, mas quando se trata do “Dark Social” (compartilhamento em particular), por exemplo, eles não são capazes de “ajudar”. Estratégias inovadoras, como inserir influenciadores (humanos) ocultos nos canais tem dado certo nestes casos.

5. O crescimento das redes de pergunta e resposta

Outra tendência de social media são as redes de pergunta e resposta, que começaram na China e ganharam o mundo. O serviços de Q&A (Question and Answer) permitem o envio de perguntas para celebridades e influenciadores. A ideia já está em algumas mídias sociais, como o LinkedIn. A rede profissional lançou um App iOS independente chamado “Record”, que permite o uso de clipes de 30 segundos para responder a tópicos direcionados e estabelecidos pela equipe editorial do LinkedIn.

6. Programas de influenciadores – aposta da moda ou sábio investimento?

O marketing de influenciadores será uma tendência de social media em 2017 que deve brilhar entre as estratégias em marketing digital. A linguagem moderna da confiança, alimentada por ótimas influências, poderá ser uma mercadoria que os consumidores exigirão das marcas.

Segundo o estudo, “escolas de influência” estão surgindo para profissionalizar ainda mais o papel do influenciador. A ideia é que os promotores de beleza ou moda ajudem as marcas através da presença nas mídias. Lembre-se: confiança e influência!

7. Redes Sociais & TV – casal do futuro

Mais uma das tendências de social media em 2017 é a relação entre TV e redes sociais, que o estudo chama de “Social TV”. Uma pesquisa do Kantar Twitter TV Ratings monitorou as conversas sobre TV no Twitter. Ela descobriu que as conversas fora da janela de transmissão tornaram-se maiores do que aquelas que acontecem durante o programa. As séries da Netflix, como Stranger Things e Narcos, também receberam grande cobertura pelos usuários. Além disso, recursos como Faceboook Live, devem aparecer em outras mídias sociais, que já perceberam a força das transmissões ao vivo.

8. Fale!

Segundo o estudo, o Google desenvolve atualizações para as buscas por voz há muitos anos. Nas pesquisas feitas na internet, as perguntas realizadas com recursos de voz dobraram de 2014 para 2015. A ferramenta é mais um dos fatores de evolução nos mecanismos de busca na web, assim como personalização de resultados por geolocalização. O Facebook deve proporcionar também um serviço de pesquisa e de perguntas e respostas por voz que irá revolucionar os mecanismos de buscas.

9. Social Commerce

Forte em 2016, o comércio social também será uma tendência de social media em 2017. O Facebook já anunciou medidas para facilitar as compras on-line, inclusive no Messenger. A rede social mais forte do mundo carregou outras mídias sociais, que aproveitaram o embalo para criar ferramentas sociais de compras.

No Instagram, por exemplo, as novas fotos com links podem facilitar a compra. Mas é o Pinterest o novo queridinho do social commerce. A ideia é que o usuário possa utilizar a rede para conhecer novos produtos, salvar e planejar compras futuras. A rede até lançou recursos para acomodar cada estágio do ciclo de compras do cliente.

10. Office War

Segundo o estudo, a crescente força de trabalho dos Millennials tem gerado um novo interesse em ferramentas de comunicação social para empresas. Essa é uma das tendências de social media em 2017 que sinaliza o papel crescente das mídias sociais e de bots de conversa em negócios atuais. A ideia é que essa ferramenta deixe para trás as intranets e caixas de correio e, assim, acelere a comunicação entre colaboradores.






Escrito por: Equipe Guia-se







Conheça as tendências de social media em 2017
Dê uma nota!


Deixe um comentário










Serviços

Confira os serviços que a Guia-se oferece




Criação de sites

saiba mais

Loja Virtual

saiba mais

Mídias  Sociais

saiba mais

Inbound Marketing

saiba mais

E-mail Marketing

saiba mais





Saiba mais sobre as nossas franquias de marketing digital

0800 Guia-se

Ligue gratuitamente e fale com um de nossos consultores

Ligue agora!

Fale conosco

Ou se preferir, preencha nosso formulário!

Enviar Mensagem


Fale com um de nossos consultores
X

Calma! Não vá embora ainda!

Nos ajude a entender melhor o que precisa.







Encontrou o que queria?


Foi fácil navegar?


Dê uma nota em nosso site


Quer falar com a gente?