20 jan 2016

O que muda no e-commerce com a nova regra do ICMS?

Loja Virtual




O que muda no e-commerce com a nova regra do ICMS?
Dê uma nota!




guiase-nova-regra-icmsNova regra do ICMS atinge vendas interestaduais feitas por telefone ou através do e-commerce

Desde o dia 1° de janeiro muitos empreendedores on-line estão preocupados com a nova regra do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para transações não presenciais interestaduais. Resumidamente, a mudança, que foi motivada pelo boom do comércio eletrônico em todo o Brasil, determina que o imposto recolhido deverá ser repartido com o estado de destino da venda do produto. A ideia é compensar estados que não sediam centros de distribuição, já que a maioria está concentrada nas regiões Sul e Sudeste.

Um exemplo para entender melhor: até o dia 1° deste mês, um consumidor da Bahia que comprava um objeto pela internet cujo estoque é em São Paulo, pagava 18 % de ICMS (alíquota dos estados de São Paulo, Paraná e Minas Gerais). Agora, este consumidor pagará 17% . Isso porque, o estado de origem – no caso São Paulo -, ficará com a alíquota interestadual, no valor de 7%, e o estado de destino – neste caso a Bahia -, ficará com a diferença entre a alíquota interna (Bahia e mais 22 Estados possuem alíquota fixada em 17%) e a alíquota interestadual, ou seja 10%.

A nova regra pretende colocar um fim na guerra fiscal entre os estados, mas deve dificultar a vida do empreendedor, principalmente aqueles que faturam anualmente até R$3,6 milhões (regime tributário Simples Nacional). Até dezembro, o ICMS estava embutido no Simples, mas agora, além do Simples e do ICMS, o empresário precisará calcular a diferença entre o ICMS cobrado no estado de origem, ou seja, onde a mercadoria está estocada, e no de destino, onde está o comprador. Esta diferença deverá ser paga no ato da emissão da nota fiscal. Para diminuir o impacto nos cofres dos estados fornecedores a nova regra do ICMS será aplicada aos poucos. Este ano o estado de destino ficará com 40% da diferença entre a alíquota interna e a interestadual, mas deve alcançar a totalidade em 2019.

O que muda no processo de venda com a nova regra do ICMS (para empresas do Simples Nacional):

Antes de 2016

1- Gerar a nota fiscal eletrônica
2- Imprimir duas vias da nota fiscal
3- Adicionar uma via junto ao produto
4- Enviar o produto
5- Pagar a guia do imposto SIMPLES no final do mês

Agora

1- Gerar a nota fiscal eletrônica
2- Imprimir duas vias da nota fiscal
3- Checar a tabela de alíquota de ICMS, de acordo com o seu estado e o do cliente
4- Calcular a diferença da alíquota interna e a alíquota interestadual entre os dois estados
5- Dividir esta diferença em duas partes: 40% dela fica para o estado do cliente e 60% para o do fornecedor
6- Entrar no site da Secretaria da Fazenda e emitir a Guia Nacional de Tributos Interestaduais (GNRE) para pagamento dos 40% da diferença
7- Imprimir a guia
8- Pagar o GNRE
9- Imprimir o comprovante de pagamento do GNRE
10- Juntar a nota fiscal, a GNRE, assim como o comprovante de pagamento e coloque-os junto ao produto
11- Enviar o produto ao cliente
12- Pagar a guia do imposto SIMPLES no final do mês

A nova regra do ICMS assustou alguns empreendedores, mas não pode ser uma pedra no sapato de quem está se saindo bem com as vendas on-line. O apoio de uma boa plataforma de e-commerce pode ajudar o empresário e, mesmo com a mudança, garantir resultados surpreendentes. A Guia-se Negócios pela Internet oferece diversas soluções para a internet, entre elas a plataforma de e-commerce em parceria com a X-tech Commerce. Saiba mais sobre este mercado que não para de crescer.

Tenha uma loja on-line desenvolvida pela Guia-se.

 

 






Escrito por: Equipe Guia-se







O que muda no e-commerce com a nova regra do ICMS?
Dê uma nota!


1 comentário

  1. Paula Costa 22 de janeiro de 2016 at 0:54 - Reply

    Olá, tenho um blog que compartilho estratégias de marketing e vendas com mães empreendedoras e esrou estudando sobre essa mudança para explicar no blog. Gostaria de saber se você tem alguma dica pra essas empreendedoras?

Deixe um comentário










Serviços

Confira os serviços que a Guia-se oferece




Criação de sites

saiba mais

Loja Virtual

saiba mais

Mídias  Sociais

saiba mais

Inbound Marketing

saiba mais

E-mail Marketing

saiba mais





Saiba mais sobre as nossas franquias de marketing digital

0800 Guia-se

Ligue gratuitamente e fale com um de nossos consultores

Ligue agora!

Fale conosco

Ou se preferir, preencha nosso formulário!

Enviar Mensagem


Fale com um de nossos consultores
X

Calma! Não vá embora ainda!

Nos ajude a entender melhor o que precisa.







Encontrou o que queria?


Foi fácil navegar?


Dê uma nota em nosso site


Quer falar com a gente?


Please leave this field empty.