12 maio 2016

Como o neuromarketing vai ajudar no planejamento digital?

Planejamento Estratégico




Como o neuromarketing vai ajudar no planejamento digital?
Dê uma nota!




Guia-se Neuromarketing

Primeiro foi conhecer e conversar bastante com o Fernando Kimura, maior referencia da área de Neuromarketing no país. Depois, foi ler o livro “A Lógica do Consumo” e me aprofundar um pouco mais nesse delicioso tema. Dai para ler outros livros, como “Neuromarketing aplicado a redação publicitária”, por exemplo, foi um pulo. Picado pelo “mosquito do Neuromarketing” cada vez mais acreditando em seus benefícios para o planejamento. Muitos o questionam, outros não acreditam, mas eu tenho um resumo para saber em que vai ajudar: “A boca mente, o cérebro não”.

Nós, profissionais de planejamento, somos um dos responsáveis dentro das agências para saber mais sobre o comportamento humano, logo, pesquisas, estão entre os nossos itens diários (ou deveria estar). Grupos de pesquisa, análise dos sentimentos em Redes Sociais, pesquisa de imersão, pesquisa me ponto de venda, netnografia, tudo isso já é usado há tempos. E nada vai substituir a sua importância, mas eu vejo que o Neuromarketing chegou para potencializar cada um desses tipos de pesquisas. Sistemas como TGI, Marplan, ComScore, Hitwise, por exemplo, tudo é válido para entender a cabeça do ser humano e como e porque ele compra, mas ainda, nada, mas nada mesmo, substitui uma boa conversa olho no olho do consumidor no momento da sua compra. O neuromarketing pode potencializar tudo a partir do momento em que, realmente, vamos entender a verdade das pessoas.

Em pesquisas, sabemos, que as pessoas mentem. Não por maldade, mas por vergonha. Brasileiro é, historicamente, “Maria vai com as outras”, ou seja, se em uma sala, 80% fala bem de uma marca, por mais que ele odeie, vai falar bem por medo de repressão. Somos assim desde a escola e não vamos mudar, porém, o Neuromarketing vem ao mundo para entender essa verdade e mudar rumos de campanhas. Deveria ser ainda mais usado do que hoje no Brasil. Basicamente, o cérebro do ser humano vai entregar a verdade, que nem sempre, a boca entregaria. Fantástico!

Nossas estratégias e táticas terão insights ainda mais precisos, pois realmente entenderemos o que impacta o consumidor e qual mensagem chega ao seu coração. Planejamento atinge o coração das pessoas, os transformam em apaixonados. Nem apenas a Apple tem fãs apaixonados, Coca-Cola, Harley-Davidson, GM, Spotify… na minha modesta opinião o segredo do sucesso dessas empresas está em inovação e despertar paixão. Elas tem produto, tem preço, tem qualidade e atendimento. Tem valor, tem apaixonados. Mas será que uma pessoa ama mesmo a Harley ou apenas quer mostrar isso em um grupo de pesquisa para parecer diferenciado? A marca é uma expressão do ser humano de quem ele é ou quer ser. Faz toda a diferença para a mensagem ser direcionada para quem quer ser aquilo que a marca representa e para quem é. O Neuromarketing, entre outras vantagens, vai nos mostrar isso. Que venham melhores planejamentos!!!!






Escrito por: Equipe Guia-se







Como o neuromarketing vai ajudar no planejamento digital?
Dê uma nota!


Deixe um comentário










Serviços

Confira os serviços que a Guia-se oferece




Criação de sites

saiba mais

Loja Virtual

saiba mais

Mídias  Sociais

saiba mais

Inbound Marketing

saiba mais

E-mail Marketing

saiba mais





Saiba mais sobre as nossas franquias de marketing digital

0800 Guia-se

Ligue gratuitamente e fale com um de nossos consultores

Ligue agora!

Fale conosco

Ou se preferir, preencha nosso formulário!

Enviar Mensagem


Fale com um de nossos consultores
X

Calma! Não vá embora ainda!

Nos ajude a entender melhor o que precisa.







Encontrou o que queria?


Foi fácil navegar?


Dê uma nota em nosso site


Quer falar com a gente?