04 jan 2016

Vendas de Natal crescem em lojas virtuais e têm queda em shoppings

Loja Virtual




Vendas de Natal crescem em lojas virtuais e têm queda em shoppings
Dê uma nota!




guiase-lojas-virtuais-natal

Nas lojas virtuais, as vendas de Natal subiram 26% em relação ao ano passado, em contrapartida, nas lojas físicas as vendas caíram 1%

Os donos de lojas virtuais se surpreenderam com o resultado das vendas do Natal deste ano, pois mesmo com a crise econômica que o País enfrenta, foram vendidos R$ 7,4 bilhões em produtos e serviços através da internet. Segundo o E-bit, empresa especializada em informações do comércio eletrônico, o crescimento foi de 26% em relação ao mesmo período de 2014, de 15 de novembro a 24 de dezembro. O resultado superou as estimativas do setor, que esperava R$ 7,2 bilhões em vendas, o que representaria um crescimento de 22%.

Na contramão, o comércio convencional viu as vendas minguarem neste Natal e caírem 1% em relação ao ano passado. Segundo a Alshop, associação que representa os lojistas dos shoppings, o resultado foi o pior dos últimos 10 anos devido a atual conjuntura da economia brasileira que apresenta crédito escasso, juro alto, dólar elevado, inflação alta, insegurança dos consumidores e empresários, desemprego, carga tributária elevada e o fim de incentivos fiscais. O setor de móveis e artigos do lar foi o que mais recuou este ano nos shopping, chegando a cair 13,3%, assim como eletrodomésticos, que recuou  2%.

Assim como as lojas virtuais, o mobile commerce, compras originadas a partir de smartphones e tablets, também refletiu a tendência de crescimento observada ao longo do ano. As compras pelos dispositivos móveis representaram 13,6% das transações realizadas durante o período de Natal, índice acima do registrado ao longo do primeiro semestre deste ano, que foi de 10,1%. Para os interessados em investir em lojas virtuais em 2016, vale lembrar que as categorias de produtos que mais movimentaram o e-commerce em 2015 foram os eletrodomésticos, moda e acessórios, além de telefonia e celulares. No Natal, o número de pedidos aumentou, chegando a 17,6 milhões. De acordo com o E-bit, o maior volume de vendas acompanhou o acréscimo de 17,2% na quantidade de novos consumidores. Ao todo, 9,3 milhões de clientes adquiriram algum item em lojas virtuais neste final de ano e o tíquete médio foi de R$420 – 8,4% a mais do que no ano.

A Guia-se Negócios pela Internet é uma rede de marketing digital que oferece aos clientes uma plataforma de e-commerce que agrega tudo o que há de mais atual e moderno para lojas virtuais. Se você também quer aproveitar o mercado digital e vender mais pela internet, entre em contato com a microfranquia e saiba mais sobre os serviços oferecidos pela rede.

Seja um franqueado Guia-se e ofereça soluções online de qualidade a comerciantes e empreendedores.

 

 






Escrito por: Equipe Guia-se







Vendas de Natal crescem em lojas virtuais e têm queda em shoppings
Dê uma nota!


Deixe um comentário










Serviços

Confira os serviços que a Guia-se oferece




Criação de sites

saiba mais

Loja Virtual

saiba mais

Mídias  Sociais

saiba mais

Inbound Marketing

saiba mais

E-mail Marketing

saiba mais





Saiba mais sobre as nossas franquias de marketing digital

0800 Guia-se

Ligue gratuitamente e fale com um de nossos consultores

Ligue agora!

Fale conosco

Ou se preferir, preencha nosso formulário!

Enviar Mensagem


Fale com um de nossos consultores
X

Calma! Não vá embora ainda!

Nos ajude a entender melhor o que precisa.







Encontrou o que queria?


Foi fácil navegar?


Dê uma nota em nosso site


Quer falar com a gente?