05 jul 2016

Novo algoritmo reforça a importância de anunciar no Facebook

Links Patrocinados








anunciar no facebook

Mudança no algoritmo pode incentivar empresas a anunciar no Facebook e chegar ao usuário

Páginas de empresas terão que investir ainda mais em anunciar no Facebook para aparecer no começo do News Feed

O Facebook anunciou mais uma mudança no algoritmo utilizado para definir quais publicações aparecem primeiro no Feed de Notícias dos usuário, na semana passada. A ideia do Facebook é priorizar publicações de amigos e familiares. Eles também querem reduzir o alcance de páginas que divulgam conteúdos externos. A partir de agora, as publicações criadas por esses contatos aparecerão no topo do News Feed. Isso vai acontecer mesmo que o usuário não os tenha escolhido na opção “ver primeiro”.

Para não ter o conteúdo restrito as páginas de empresas precisarão tomar ainda mais cuidados com as postagens, especialmente com o o compartilhamento de links externos. Além disso, é provável que as publicações das páginas sejam vistas só depois das outras publicações, o que pode diminuir o alcance das postagens. A solução é anunciar no Facebook. Com os links patrocinados as marcas poderão chegar antes ao usuário da mídia social.

A novidade anunciada pelo vice-presidente de produto do Facebook, Adam Mosseri, foi motivada pelo excesso de informação no feed. O novo algoritmo identificará os interesses particulares e também quem são os amigos e familiares a serem priorizados. O critério será a interação entre os membros. Depois dos amigos e familiares, serão as postagens com informações e entretenimento que serão priorizados. Para fazer isso, o algoritmo também identificará o que cada usuário considera informativo ou fonte de diversão.

A alteração no algoritmo também não eliminará os botões de controle do usuário. Ela ainda poderá “deixar de seguir” ou “ver primeiro” as atualizações de uma determinada página ou pessoa.

Facebook quer conectar pessoas, não informá-las

Mosseri ainda afirma na carta publicada no blog do Facebook que o negócio da rede social não é distribuir o que mundo deve ler e sim unir as pessoas. “Estamos nesse negócio para conectar pessoas e ideias e combinar pessoas com as histórias que elas achem mais significativas”, destaca.

Além disso, o Facebook é uma empresa que vende espaços publicitários baseado na segmentação. Ou seja, para oferecer um público específico para empresas interessadas em anunciar no Facebook, a rede precisa saber o que cada usuário prefere. Quando as pessoas publicam suas preferências pessoais, a rede absorve informações e classifica os usuários. Por isso, para o Facebook, é mais lucrativo que o usuário passe o máximo de tempo informando o que faz e o que gosta de fazer do que lendo notícias e outros artigos externos.

A principal crítica a novidade é dos sites de notícias e daqueles que se atualizam através da time line. Entretanto, alguns jornalistas acreditam que a medida será benéfica e incentivará as pessoas a buscarem notícias nos sites especializados. Outro ponto positivo levantado por especialistas e pesquisadores é que, com o novo algoritmo, notícias falsas não irão se proliferar pelos feeds sem parar como acontece hoje.

Por outro lado, será mais difícil divulgar o conteúdo do site de uma empresa na rede social. O melhor caminho para profissionais de social media será definir uma estratégia de marketing digital mais consistente para continuar chegando ao público-alvo. Além dos anúncios, as empresas também deverão repensar a criação de conteúdo e o engajamento com os potencias clientes.






Escrito por: Equipe Guia-se









Deixe um comentário










Serviços

Confira os serviços que a Guia-se oferece




Criação de sites

saiba mais

Loja Virtual

saiba mais

Mídias  Sociais

saiba mais

Inbound Marketing

saiba mais

E-mail Marketing

saiba mais





Saiba mais sobre as nossas franquias de marketing digital

0800 Guia-se

Ligue gratuitamente e fale com um de nossos consultores

Ligue agora!

Fale conosco

Ou se preferir, preencha nosso formulário!

Enviar Mensagem


Fale com um de nossos consultores