15 maio 2017

Marketing Digital para Pequenas Empresas: Como Investir e Destacar sua Marca no Mercado

Agência de Marketing Digital




Marketing Digital para Pequenas Empresas: Como Investir e Destacar sua Marca no Mercado
4.5 (90%) 2 votes




Descubra porque pequenas empresas não podem ignorar o ambiente digital e saiba por onde começar a digitalização do seu negócio


O marketing digital vem ganhando cada vez mais adeptos. São negócios de todos os tamanhos e das mais diversas áreas. Até mesmo pequenas empresas, que nunca tiveram contato com o ambiente on-line, acabam por cair nas graças do mundo digital devido as promessas de resultados poderosos. Ainda mais nos últimos anos, com a economia brasileira em crise, inovar parece ser o melhor caminho a seguir. De fato, investir em marketing digital é uma excelente forma para não ver pequenas empresas irem por água abaixo. Entretanto, é preciso estar preparado para sair da rotina, pensar fora da caixa e ousar.

No ano passado, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), anunciou que o número de internautas brasileiros ultrapassou 100 milhões em 2015. Isto prova que para pequenas empresas o marketing digital não é uma questão de opção, mas a garantia de imposição do mercado. Ter um site, investir em campanha de e-mails, estar nas mídias sociais, anunciar na internet já se tornou uma exigência para marcas que querem se destacar e estar à frente da concorrência.


Fortalecer uma marca com marketing digital


Todavia, o marketing digital ainda enfrenta obstáculos em pequenas empresas. Uma dessas barreiras é a resistência de alguns empresários e a tão temida pergunta: “Quanto isso vai me custar?”. Muitas vezes, o grande vilão do marketing digital para pequenas empresas é o investimento. Com um orçamento mais sensível às variações da economia, definir um gasto fixo com estas ações fica inviável. Porém, em um mundo cada vez mais conectado, ignorar o universo é como jogar fora oportunidades que podem fazer toda a diferença para PMEs.

Em 2016, o mercado nacional de publicidade digital faturou R$ 11,8 bilhões. Este valor é 26% maior do que o total gasto em 2015, segundo a “Digital AdSpend 2017”, liderada pelo IAB Brasil – Interactive Advertising Bureau. Para 2017, a expectativa é atingir R$ 14,8 bilhões, ou seja, um terço do montante investido no mercado publicitário brasileiro. Muitas pequenas empresas também se enganam ao pensar que ao investir em marketing digital estão livres dos gastos com marketing tradicional. A ideia é propor a sinergia do marketing digital com o marketing comercial convencional. Para que eles se completam e fortaleçam a marca em questão. Por isso, um bom plano de marketing digital é imprescindível. Ele cuidará da integração dos diversos canais disponíveis e criará a ponte entre o marketing digital e o tradicional.


Quais as vantagens do marketing digital para pequenas empresas?


Investir em marketing digital tem inúmeros benefícios tanto para grandes marcas, como para pequenas empresas. No segundo caso, uma questão que chama a atenção dos empresários é com relação ao custo.

Podemos dizer que os valores investidos em marketing digital são menores do que o orçamento necessário para ações de marketing convencional. Basta comparar o preço das propagandas na TV e o valor investido em anúncios nas redes sociais, por exemplo, para perceber que a diferença é bastante significante. Além disso, na internet é possível segmentar as ações e direcioná-las para o público-alvo das empresas. Ou seja, mesmo que o valor investido seja considerável, o custo-benefício será maior.

A segmentação é uma das maiores vantagens do marketing digital. Ao contrário do marketing tradicional, que emite a mesma mensagem para diferentes pessoas, o marketing digital permite que você escolha para quem quer entregar suas mensagens. Por exemplo, as ferramentas de e-mail marketing que ranqueia usuários que abrem os e-mails. Ou as mídias sociais que conseguem selecionar usuários por gênero, idade, localização, renda e até interesses. Também é possível comprar banners em sites de conteúdo que se relacionem com os negócios da empresa. Essas são excelentes formas de maximizar os recursos e otimizar os resultados.


Investimento com precisão


Uma das principais vantagens do marketing digital para pequenas empresas é a possibilidade calcular o retorno do investimento com precisão. Como já falamos, empresas familiares e de menor porte tem um orçamento mais sensível, por isso o detalhamento das ações de marketing digital fazem a diferença, pois, embora não exista a certeza do sucesso, reverter a situação é mais simples. Por exemplo, se um anúncio não vai bem nas mídias sociais, é possível cancelar o impulsionamento ou modificar as configurações. Já um anúncio na TV é bem mais difícil.

Por fim, se a marca tem presença digital os clientes poderão enxergar isso como mais uma outra forma de encontrá-la. Além disso, algumas marcas podem aproveitar para expandir seus negócios mundo a fora, pois, os produtos ou serviços estarão a um clique de distância de qualquer usuário da internet. Entre tantas vantagens, talvez esta seja a maior delas. O marketing digital definitivamente abre portas para que as pequenas empresas tenham um mundo de oportunidade e novos mercados. Se bem estruturada, as ações de marketing digital são capazes de tornar uma pequena empresa em uma marca reconhecida.


Desafios do marketing digital para pequenas empresas


Já mencionamos acima algumas das vantagens do marketing digital para pequenas empresas. Entretanto, não podemos deixar de mencionar os desafios pelos quais quem deseja investir em marketing digital vai passar. Infelizmente, ainda é comum ver pequenos empresários – e até grandes empreendedores – relutantes ao marketing digital. É preciso jogo de cintura e uma boa base de dados e informações para convencê-los que o marketing digital está além dos spams e dos memes virais.

Muitos gestores, principalmente, os colaboradores com anos de casa, acreditam que a panfletagem, por exemplo, é a única forma de divulgar um negócio ou um produto. Não estamos dizendo que o panfleto não funciona, mas, além de nada sustentável, apostar somente em uma ação e ignorar o público virtual é um tremendo erro. Uma boa dica, nesses casos, é mostrar ao empresário ou colaborador responsável que a ação dos panfletos pode estar casada a uma ação digital, na qual o panfleto leva o consumidor para o ambiente virtual, como mídias sociais da empresa ou site.

Outro desafio bastante comum entre as pequenas empresas em relação ao marketing digital é como implementá-lo. A maioria das marcas de menor porte acabam sem saber por onde começar, apostam em ações isoladas e acabam desistindo diante do fracasso. A ideia de criar uma presença sólida no ambiente digital ainda é pouco difundida entre as pequenas empresas. O que poucos percebem é que se o concorrente não tem presença on-line, talvez seja um ótimo momento para reforçar a presença da sua empresa. O marketing digital não deve ser considerado um diferencial, mas neste caso ele acaba sendo o ponto que coloca uma marca na frente de outra no mercado.


Planejamento do marketing digital das pequenas empresas


O plano de marketing é tão importante quanto o plano de negócios de uma empresa. O ideal é buscar um profissional competente e especializado para realizar este serviço. O primeiro passo será analisar todos os fatores, externos e internos, que podem influenciar nos negócios da empresa. Depois de reconhecer as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças, é a vez de entender como funciona o comportamento de compra do cliente. Criar um persona – cliente ideal fictício – pode ajudar nesta fase.

Outro ponto importante de um planejamento de marketing digital é conhecer muito bem os outros players (competidores) no mercado. Com essas informações será mais fácil definir o posicionamento da empresa e traçar as estratégias de marketing, os objetivos e as metas. Não esqueça de fazer um bom calendário, isso é primordial em um plano de marketing digital.


4 Dicas inicias de marketing digital para pequenas empresas


1- Comece a construir sua presença on-line


Se sua empresa já tem um plano de marketing digital é hora de colocar a mão na massa. Considere criar um site urgente. As pessoas estão cada vez mais conectadas, pesquisam, discutem, comparam e até compram pela internet. Se você está fora desse movimento, certamente perderá potenciais clientes. Outro ponto importante são as mídias sociais. É nelas que boa parte da divulgação do seu negócio vai acontecer na internet. Através dessas redes você poderá ouvir seus clientes, encontrar pontos positivos e mudar aquilo que precisa ser alterado seguindo a demanda.


2- Faça parcerias estratégicas


Se você chegou agora no ambiente digital vai perceber que as parcerias fazem total diferença. Se o seu negócio não é muito conhecido na região em que você atua, é importante que você consiga consolidar sua marca nesse mercado potencial. Ter uma empresa “linkada” a outros nomes mais conhecidos passará credibilidade e confiança ao público.


3- Venda soluções e não produtos/serviços


Se você conhece muito bem o seu cliente deve saber quais problemas ele gostaria de resolver com a ajuda da sua marca. Portanto, esqueça a fórmula tradicional do marketing em que produtos e serviços são oferecidos aos clientes. O marketing digital dá a oportunidade para as marcas mostrarem como são capazes de solucionar problemas. Isso criará uma vantagem competitiva em relação aos seus concorrentes e dará a oportunidade para a marca gerar engajamento positivo na internet. Lembre-se: as pessoas se identificam com problemas, não com produtos.


4- Estude sobre marketing digital


Muitos empresários preferem terceirizar o marketing digital de suas empresas. Isso não é um problema. Na verdade, esse pode ser uma ótima atitude. Afinal, especialistas estão mais preparado para lidar com as ações e estratégias. Mas, isso não isenta o empresário de aprender um pouco mais sobre marketing digital. A falta de conhecimento acaba afastando pequenos e microempresários do ambiente digital.

Consequentemente, eles são “obrigados” a confiar plenamente naquilo que é feito pela empresa terceirizada. Na própria internet é possível encontrar cursos e e-book sobre o tema. Isso vai ajudá-lo a criar um senso mais crítico sobre o assunto. Dedique-se a isso algumas horas na semana e verá a diferença nos seus negócios.


Mais dicas de marketing digital para pequenas empresas


– Defina objetivos práticos de marketing digital: estabeleça um número de seguidores para atingir em determinado período, defina uma quantidade de acessos para bater no seu site, descubra quantos leads você precisa ter para converter em vendas e quantas vendas precisam ser concluídas para valer o dinheiro investido.

– Aposte em outros canais e plataformas: artigos em blogs são ótimos e funcionam muito bem, mas porque não apostar em vídeos, transmissões ao vivo, fotos e outras opções mais ousadas? Você precisa descobrir como o seu público gosta de se comunicar e para isso precisa testar as diversas opções que a internet dá.

– Organize a comunicação da empresa: empresas que começam as ações de marketing digital sem um bom planejamento sofrem com a falta de unificação das informações. Isso é um problema que precisa ser solucionado. A empresa precisa ter uma única voz em sua comunicação on-line e off-line. Padronize respostas, postagens, artigos, panfletos, vídeos, banners, ações em pontos de vendas. Hoje já existem plataformas específicas para agendar postagens e gerar relatórios sobre as ações de marketing digital.

– Fale sempre a verdade e cumpra o que você prometeu: mentira tem perna curta e, na internet, fica ainda mais difícil esconder qualquer coisa dos usuários. Se você tem uma empresa nova, diga ao público que é novo. Não adianta fingir anos de experiências se você não tem. Escolha evidenciar outros pontos da empresa, já que a tradição não é seu forte. Outro fato importante é cumprir aquilo que a marca promete. Se você diz ao seu consumidor que vai solucionar um problema, você precisa conseguir fazer isso. Caso contrário, sua credibilidade será destruída.

– Seja criativo: a internet está cheia de mais do mesmo. Encontre o caminho ideal para a sua empresa e inove o que já vem sendo feito pelos seus concorrentes. Se a ideia é se destacar, você precisa chamar atenção do público.


Guia-se Agência de Marketing Digital - Pequenas Empresas


Como escolher uma agência de marketing digital


Não há dúvidas de que uma agência digital ajudará o empresário a traçar as melhores estratégias. Além disso, uma empresa especializada também executará o plano de marketing desenvolvido com mais facilidade do que pessoas que nunca tiveram contato com o ambiente digital. Muitas empresas acabam selecionando colaboradores de outras áreas para cuidar do marketing digital a fim de cortar gastos e economizar, mas isso é um erro! Uma agência de marketing irá poupar tempo e recursos, pois possui experiência na área.

Profissionais especializados dominam ferramentas e técnicas para monitorar toda a presença on-line de uma empresa e saberão tomar as melhores decisões.

Uma dúvida comum é como escolher uma boa agência de marketing digital. O primeiro ponto que deve ser levado em conta é: o barato muitas vezes sai caro. Escolher este serviço pelo preço pode se um dos grandes erros das pequenas empresas. Boas empresas especializadas já oferecem pacotes mais em conta para pequenos negócios. Outra opção é contratar um profissional freelancer. Confira alguns pontos que podem ajudar na tomada de decisão:

– Conheça a agência, vá até o escritório ou marque uma reunião na sua empresa.

– Peça para ver alguns relatórios de clientes atendidos pela agência.

– Entre em contato com um cliente ativo e com mais de um ano de contrato.

– Peça um orçamento inicial de consultoria marketing e planejamento estratégico, aumente o contrato se agência realmente lhe agradar.


Conclusão


Você deve ter percebido neste artigo que o marketing digital é imprescindível para as pequenas empresas. Além de viável economicamente, ele é uma ferramenta muito interessante para as marcas que ainda não conseguiram se consolidar no mercado ou aquelas que estão em busca de novos públicos. Em tempos de crise, como estamos enfrentando, abrir mão da possibilidade de novos negócios é muito perigoso. Por mais que o seu negócio vá bem e tenha um considerável número de clientes, é interessante descobrir a aceitação da sua marca por novos consumidores. A internet é uma excelente ferramenta para descobrir como anda a imagem da sua empresa no mercado e perante a concorrência.

Basta fazer uma breve pesquisa para encontrar centenas de pequenos empresários que ingressaram no mundo do marketing digital com suas pequenas empresas e descobriram um leque de oportunidades que até então nunca tinham ouvido falar. O marketing digital para pequenas empresas não é mais novidade no Brasil, ele já é uma realidade e quem está de fora tende a cair no esquecimento do público. Ignorar o ambiente digital pode custar muito caro para os pequenos negócios, afinal, tudo acontece na internet hoje em dia e, se você não está lá, o seu concorrente está. Portanto, comece hoje a pensar sobre marketing digital para pequenas empresas e coloque o quanto antes as dicas deste artigo em prática. A inovação faz parte do negócio e impede que sua marca fique parada no tempo.






Escrito por: Equipe Guia-se







Marketing Digital para Pequenas Empresas: Como Investir e Destacar sua Marca no Mercado
4.5 (90%) 2 votes


Deixe um comentário










Serviços

Confira os serviços que a Guia-se oferece




Criação de sites

saiba mais

Loja Virtual

saiba mais

Mídias  Sociais

saiba mais

Inbound Marketing

saiba mais

E-mail Marketing

saiba mais





Saiba mais sobre as nossas franquias de marketing digital

0800 Guia-se

Ligue gratuitamente e fale com um de nossos consultores

Ligue agora!

Fale conosco

Ou se preferir, preencha nosso formulário!

Enviar Mensagem


Fale com um de nossos consultores
X

Calma! Não vá embora ainda!

Nos ajude a entender melhor o que precisa.







Encontrou o que queria?


Foi fácil navegar?


Dê uma nota em nosso site



Please leave this field empty.