27 abr 2017

Como aplicar o marketing empresarial obtendo resultados reais

Planejamento Estratégico




Como aplicar o marketing empresarial obtendo resultados reais
5 (100%) 3 votes




Descubra o que o marketing empresarial pode fazer pelo seu negócio e aprenda como aplicá-lo efetivamente


Falar de marketing dentro de uma empresa é abordar um conjunto de ações que tem como objetivo principal alavancar os negócios dessa instituição. O marketing empresarial está longe de ser algo novo. Ele mudou diversas vezes desde que surgiu, mas atualmente, com a ascensão do universo digital, discutir o assunto dentro das empresas tornou-se fundamental para alcançar o sucesso.

Tanto as grandes empresas, como multinacionais, quanto as microempresas precisam entender como as ações de marketing empresarial funcionam. Para isso, é preciso fazer análises internas sobre os processos e os serviços ou produtos oferecidos, e também externas, como o mercado e a concorrência. Além disso, não podemos esquecer do desenvolvimento tecnológico. É preciso analisar como a tecnologia impactou o segmento da sua empresa e o que fazer para não “ficar para trás”.

O marketing empresarial, assim como o marketing político e pessoal, evoluiu e, ao contrário do que muitos pensam, vai muito além de relacionar clientes e manter as vendas em alta. Os fundamentos de marketing mais atuais defendem que os setores de empresa precisam estar unidos para alcançar as metas e objetivos traçados. Para isso, é preciso estabelecer um bom planejamento estratégico e garantir uma boa gestão de marketing. Caso contrário, ficará muito difícil manter bons resultados e o destaque frente aos concorrentes.


O que é marketing empresarial?


Já falamos no início do artigo que o conceito de marketing empresarial é um conjunto de ações com o objetivo de impulsionar um negócio. Ou seja, são práticas aplicadas ao dia a dia de uma empresa a fim de captar novos clientes, atender aqueles que já conhecem a marca e lidar com os colaboradores de forma que todos os setores busquem um mesmo objetivo. A ações de marketing empresarial precisam de uma estratégia forte para propor soluções reais. Por exemplo: a melhoria contínua nos processos da empresa, a busca por inovação tecnológica e até a motivação das equipes. O marketing empresarial acredita que colaboradores unidos em um único objetivo e motivados têm maiores chances que alcançar o sucesso, do que equipes que trabalham isoladas.

Conforme já ressaltamos, o marketing empresarial não é apenas a divulgação de uma empresa, marca ou produto. As ações de marketing compreendem muito estudo sobre o negócio em questão. É preciso saber a fundo quais as necessidades da empresa, como o público-alvo se comporta em relação a marca ou ao segmento, e quais sãos os objetivos que essas ações pretendem alcançar. Por isso, há a necessidade que se entenda o papel chave do marketing empresarial dentro das instituições. E, principalmente, que um bom plano de marketing é único e exclusivo, pois precisa ter as particularidades de cada marca.


Marketing empresarial e marketing digital


Aliado ao universo digital, o marketing estratégico vem ganhando cada vez mais espaço dentro do mundo dos negócios. Isso não aconteceu de repente, é claro. Mas a verdade é que suas ações comprometem dia após dia os resultados das empresas, seja a fim de trazer potenciais clientes (leads) ou reforçando a imagem da marca no mercado. Os profissionais de marketing buscam incansavelmente entender a mente dos consumidores e, através de suas estratégias, atuam dentro da jornada de compra buscando ser mais efetivos.


Como colocar o marketing empresarial em prática?


Antes de definir estratégias, metas e objetivos, a melhor forma para inserir o marketing empresarial em uma empresa é elaborando um bom plano de marketing. A ideia é estabelecer a situação atual da empresa a fim de encontrar forças, franquezas, oportunidade e ameaças ao negócio. Com o plano de marketing será possível nortear as ações de marketing para que seja mais fácil chegar ao resultado esperado. Um bom plano de marketing levará em consideração o que chamamos de “4 Ps”: produto, preço, praça e promoção.


Produto


Devemos entender a palavra produto como aquilo que a empresa vende, seja ele realmente um produto, ou um serviço. A análise do produto deve levar em conta que tipo de problemas esse produto soluciona. Afinal, todo consumidor está em busca de uma solução, seja matar a fome com um sanduíche, facilitar o controle de estoque de uma loja com um sistema de informática ou até aprender a falar inglês com um curso on-line.

Nesta avaliação, é preciso considerar e destacar os diferenciais daquele produto, assim como frisar quais os pontos negativos ou pontos que podem ser melhorados.


Preço


Neste quesito, a análise precisa levar em consideração algo muito importante: quanto a empresa quer ganhar em troca do seu produto e quanto os clientes querem pagar por aquele produto. Pois, não basta que a marca queira vender uma camiseta, por exemplo, por R$ 100. É preciso saber se os consumidores estão dispostos a pagar R$ 100 pela camiseta. Marcas que expõem as vantagens do seu produto e justificam a precificação de forma clara têm mais credibilidade perante o público-alvo. Ou seja, se uma camiseta custa R$ 100, é interessante dizer porque ela custa este preço, seja pela qualidade do tecido, que pode ser diferenciada, pela forma como ela é costurada (remuneração justa dos colaboradores) ou até por ser exclusiva.

O cliente tem o direito de saber porque está gastando aquele dinheiro e quais os benefícios que aquele produto trará. Portanto, analisar o preço é também analisar o poder de compra do seu público-alvo.


Praça


Praça é onde o produto será distribuído. Ou seja, espaço físico, virtual, exclusivo ou uma distribuição em massa. Sabemos que há inúmeras formas de distribuir um produto. Alguns são mais restritos, outros nem tanto. Por exemplo, até pouco tempo, para fazer uma massagem modeladora a cliente precisava ir até um centro de estética. Atualmente, aplicativos reúnem diversos serviços de beleza que vão até a casa da cliente por um preço muito semelhante ao valor praticado nas clínicas, senão menor, e com a mesma qualidade. Ou seja, a praça desse produto foi ampliada, além do ponto físico, o serviço também será distribuído de forma virtual. Outras praças conhecidas são os catálogos, os revendedores e até os parceiros.

O importante neste caso é considerar se a sua praça é realmente onde o seu público está, ou se você está na praça errada e seus concorrentes na praça certa, e por isso você não vende.


Promoção


Aqui não estamos falando em ofertas e nem em liquidação. Promoção é a divulgação do produto de uma empresa. Ou seja, como uma empresa apresenta seu produto ao público-alvo. Neste tópico, a análise deve levar ressaltar quais os canais que a empresa já utiliza e quais os canais que ele deve utilizar para divulgar o seu negócio.

Talvez, neste ponto você perceba que até agora utilizou de meios errados para mostrar os seus futuros clientes a solução que eles esperavam. Também vale lembrar que depois de definir os canais de comunicação com o seu público, é preciso definir a forma de abordagem.

Depois de definir e analisar os 4 Ps, será a hora de continuar o seu plano de marketing empresarial, agora na prática.


Tipos de marketing empresarial


O marketing empresarial pode ser dividido em áreas do marketing. Isso acontece pois nem sempre uma estratégia é capaz de cumprir todas as metas do planejamento. Esse é o retrato do amadurecimento do marketing, que diante de novas necessidades soube adotar planos mais eficientes. A tecnologia e a globalização fizeram com que o marketing se modernizasse e esteja em constante mudança. Algumas empresas optam por um determinado estilo de marketing, enquanto outras sabem trabalhar outra vertente muito bem.

Marcas conceituadas podem se dar bem com um tipo de marketing, enquanto marcas embrionárias não teria os mesmos resultados. Vale ressaltar quatro tipos de marketing empresarial, que funcionam em quase todos os negócios:


Marketing social e ambiental


A ideia em ambos os casos é mostrar seriedade e comprometimento social. As ações deste tipo de marketing são voltadas a sociedade e buscam gerar solidariedade. O marketing ambiental, especificamente, tem como meta mostrar que a empresa se preocupa com o planeta. Muitas ações desses dois tipos de marketing têm cunho educativo.


Marketing de relacionamento


Esta é a principal variante do marketing empresarial. A necessidade do marketing de relacionamento para qualquer empresa é óbvia. Afinal, uma marca sem clientes não é uma marca. Focar as ações de marketing no relacionamento com os clientes é imprescindível para qualquer negócio. É uma espécie de networking marketing.


Endomarketing


Você não vai receber visita sem antes fazer uma boa faxina em casa, vai?

O endomarketing é um tipo de marketing cada vez mais necessário nas companhias. Ele é muito parecido com o marketing de relacionamento, mas é voltado ao público interno, ou seja, aos colaboradores e parceiros. São eles que vão influenciar a qualidade do produto oferecido pela marca. Um colaborador insatisfeito é péssimo para a imagem da sua empresa.


Faça um plano de marketing empresarial



Guia-se - Marketing Empresarial

Se você chegou até aqui, já deve ter entendido que sem um bom plano de marketing empresarial nenhuma ação de marketing dará o resultado que você espera. Ele nada mais é do que um planejamento das práticas que serão adotadas por toda a empresa a fim de alcançar um objetivo principal. O plano de marketing é uma excelente ferramenta para as marcas que buscam se tornar mais competitivas. Para fazer um bom planejamento é preciso ter em mente qual o mercado de atuação e suas particularidades. Pesquise sobre o mercado atual, sobre as expectativas de mercado e também descubra como a empresa está posicionada neste mercado.

Um profissional de marketing experiente é a pessoa mais indicada para elaborar um plano de marketing. Ele saberá o que a empresa precisa para alcançar os objetivos e também saberá encaixar as ações, a visão, missão e valores daquele negócio. Além de fazer o planejamento, este profissional precisará acompanhar as equipes e checar se o que foi elaborado está sendo cumprido. Em muitos casos, o planejamento precisa de correções e adaptações durante o processo de execução das ações, por isso, o profissional precisa estar presente, a fim de garantir que o plano seja efetivo.


Alguns passos do plano de marketing empresarial:


Segmento


O primeiro passo para um bom plano de marketing pessoal ou empresarial é aquele já dito aqui: conheça bem o seu segmento. É essencial que a seja feita uma análise minuciosa do macroambiente – economia, política, cultura, demografia, questões jurídicas. Essa pesquisa irá direcionar as ações e evitar que falsas expectativas sejam criadas. Nessa análise, também é interessante avaliar como está o ambiente empresarial, também chamado de microambiente. Veja como está o relacionamento com seus fornecedores, intermediários, concorrentes e todos os outros Stakeholders (público de interesse de uma organização).


Cliente


O plano de marketing tem um objetivo, mas cada plano tem o seu. O que é igual para todos os planos é que eles são sempre voltados ao público-alvo, seja qual for o objetivo. Por isso é preciso conhecer muito bem os seus clientes. O melhor é definir personas – clientes semifictícios ideias – para os quais as ações da empresa serão voltadas. O público-alvo é muito generalista, já as personas são mais próximas e permitem que você foque suas ações. Com as personas você saberá como e quando seu cliente procura o seu produto e efetiva a compra. A ideia é que você conheça tão bem seus clientes que saiba quando oferecer seu produto e os deixe satisfeitos. É isso que faz da sua marca uma brand com clientes fiéis.


Concorrência


Se você cumpriu o primeiro passo como deveria, provavelmente, saberá quem são seus principais concorrentes. Agora é a hora de saber quais os pontos positivos e negativos dessas marcas, e comparar o produto dela ao seu. Se você souber das franquezas dessas empresas, descobrir o que não deu certo para elas, poderá fortalecer a sua marca apostando em seus diferenciais. Mas lembre-se, o público é exigente. Então, se você conquistou uma imagem sólida zele por ela. Não esqueça: veja o que seu concorrente faz muito bem e concentre-se em fazer ainda melhor. Uma boa dica é observar as ações de marketing internacional, muitas vezes eles estão anos à nossa frente quando o assunto é concorrência.


Mais passos do planejamento estratégico:


– Defina estratégias e quais ações serão realizadas.

– Estabeleça um cronograma.

– Monitore seus clientes e confira a execução do planejamento.

– Revise o plano sempre achar necessário fazer adaptações.


Estratégias e ações de marketing empresarial


Até aqui resumimos o que é marketing empresarial, como colocá-lo em prática analisando os 4Ps da sua empresa, quais os tipos de marketing, e como fazer um bom planejamento de marketing. Agora chegou a hora de falar sobre algumas ações e estratégias que vão ajudar a alavancar as vendas do seu negócio. A ideia é aliar o marketing empresarial ao marketing digital nessa fase. Afinal, como falamos no início deste artigo, a tecnologia e a ascensão da internet fez o marketing mudar muito nos últimos anos. Portanto, nada melhor do que apostar no web marketing para impulsionar sua empresa, produto e serviços.


Tenha um site responsivo e funcional


Você quer que o seu cliente fiquei o máximo de tempo possível no seu site?

Então, faça com que ele funcione muito bem em todos os dispositivos e seja prático. As pessoas acabam se distraindo muito rápido na internet. A chance dos usuários deixarem o seu site para trás se ele for cansativo ou de difícil acesso é muito grande. Preocupe-se coma experiência do usuário e você ganhará muito pontos com os seus clientes.

LEMBRE-SE: Seja claro ao dar informações sobre sua empresa e informações de contato. Seja detalhista ao apresentar seus produtos ou serviços. Use uma precificação transparente e que gere credibilidade.


Esteja nas mídias sociais


Você já sabe que a maioria dos usuários da internet estão nas mídias sociais, como Facebook, Instagram e Twitter. Então, não pense duas vezes antes de criar um perfil/página para sua empresa. Mas não basta só criar, seja presente e atuante nas redes. Nelas você poderá divulgar seus produtos e serviços, e ainda estabelecer um relacionamento mais próximo com o seu cliente. Você já ouviu falar em marketing viral? Nas redes sociais ele funciona, e muito!


Crie conteúdo


Gerar conteúdo de qualidade é uma das grandes sacadas do marketing empresarial. Além de gerar credibilidade, a marca que cria conteúdo valioso e distribui aos clientes e futuros clientes ganha fãs. Quando você educa os usuários você aumenta as chances de que eles conheçam um problema que, muitas vezes, nem sabiam que tinham. Esses usuários, cientes dos problemas estarão mais propensos a compras a solução que a sua empresa tem a oferecer.

Ou seja, além de fortalecer a marca com credibilidade, se tornando referência no assunto, gerar conteúdo único e exclusivo pode ser uma excelente ferramenta de vendas. Aposte em blogs, e-books, webinars, podcasts, etc.


Mande e-mail


Nós sabemos que as pessoas estão cansadas de receber spams e e-mails indesejados, mas uma boa estratégia de e-mail marketing aliado aos Inbound Marketing pode fazer toda a diferença. Selecione seus contatos com cuidado e ofereça a solução de um problema, não um produto e um serviço. Você pode aproveitar o conteúdo do blog para isso ou até criar algo exclusivo para os e-mails, mas lembre-se defina uma estratégia, não saia por aí enviando e-mail sem rumo.






Escrito por: Equipe Guia-se







Como aplicar o marketing empresarial obtendo resultados reais
5 (100%) 3 votes


Deixe um comentário










Serviços

Confira os serviços que a Guia-se oferece




Criação de sites

saiba mais

Loja Virtual

saiba mais

Mídias  Sociais

saiba mais

Inbound Marketing

saiba mais

E-mail Marketing

saiba mais





Saiba mais sobre as nossas franquias de marketing digital

0800 Guia-se

Ligue gratuitamente e fale com um de nossos consultores

Ligue agora!

Fale conosco

Ou se preferir, preencha nosso formulário!

Enviar Mensagem


Fale com um de nossos consultores
X

Calma! Não vá embora ainda!

Nos ajude a entender melhor o que precisa.







Encontrou o que queria?


Foi fácil navegar?


Dê uma nota em nosso site



Please leave this field empty.